Camuflagem de Estrias

A camuflagem de estrias combatem um dos grandes inimigos estéticos. Não doam, as estrias incomodam. São frequentes em ambos os sexos mas os padrões sociais e de beleza decretam o desconforto de cada vez que são vistas em público. As pessoas fazem o que podem para minimizá-las, até tatuá-las.

As agulhas cheias de tinta furam a pele. Seguem as linhas brancas cravadas no corpo. Desta vez, ao contrário do que é comum, o resultado não pretende ser visível aos olhos dos outros.

Tatuar as estrias não é um método recente. A camuflagem de estrias é um procedimento de dermopigmentação, em que realizamos a tatuagem da mesma cor da pele do cliente sob as estrias, tornando-as o mais imperceptíveis possível.

Como em qualquer tatuagem, são necessários retoques. Por se tratar de zonas não íntegras, o número de sessões vai depender do tipo de pele e do organismo do cliente.

Adeus à elasticidade

As estrias são “rachaduras” que aparecem quando as fibras elásticas se rompem, devido a um estiramento na pele. As lesões destas fibras acabam por formar uma cicatriz interna que origina a estria. A forma como se apresentam depende do estágio inflamatório em que se encontram, podendo por isso ser mais avermelhadas ou brancas.

Tudo acontece quando a pele estica muito num curto período de tempo. Exemplos: quando estamos em fase de crescimento, quando se dá um aumento de peso acentuado ou durante a gravidez. O que faz com que o colágeno e a elastina, que sustentam a nossa pele, se rompam.

Por norma, as estrias surgem onde o corpo armazena mais gordura, como barriga, quadris, coxas, seios e nádegas. Mesmo não sendo dolorosas ou prejudiciais à saúde, causam quase sempre incômodo em quem tem. Principalmente porque, para já, não há nada que as faça desaparecer de vez. Embora existam muitos produtos no mercado que garantam prevenir estas marcas, há pouca evidência científica sobre essa eficácia.

Sabemos que uma estria se pode formar quando surgem linhas rosadas, avermelhadas ou roxas na pele. Nessa fase, ainda pode ser atenuada com cremes. Quando passa a branca já não existe inflamação. É só neste estado que pode ser tatuada. O tratamento dá um percentual de resultado maior num curto espaço de tempo. Ou seja, na primeira sessão a técnica pode melhorar as estrias até 80%.

Estas marcas afetam ambos os sexos. E, embora predominando no feminino, a preocupação com as estrias é, cada vez mais, um problema que assombra o sexo masculino. Muitos homens têm quebrado o tabu e procurado clínicas de estética, para melhorar o aspeto das suas estrias.

O sol é inimigo

A aplicação de pigmento nas estrias com o tom idêntico ao da pele promove a melhoria visual substancial das mesmas, tanto na cor como na aparência. O tratamento não é doloroso, existe apenas um ligeiro desconforto.

O custo do tratamento depende da extensão da zona a ser camuflada. Os resultados dependem do metabolismo do cliente e, em média, atingem a máxima eficácia em torno de 90 dias. Pode ser feito em todos os tons de pele, em qualquer parte do corpo, tanto em mulheres como homens. A duração do procedimento dependerá da extensão da zona a camuflar, podendo levar mais de duas horas.

Assim como na tatuagem, deve se evitar a exposição ao sol durante algum tempo. As melhores épocas do ano para realizar o procedimento são o outono e o inverno. Mesmo assim, pode ser feito em qualquer época do ano, desde que o cliente cumpra a restrição de não pegar sol durante o tempo determinado pela profissional.

“Mas e quando ficar mais bronzeado, as estrias continuam a aparentes? Sim, com a pele mais bronzeada é normal que as estrias pigmentadas possam ficar ligeiramente mais claras do que o tom de pele envolvente. Ainda assim, ficarão menos evidenciadas do que antes do procedimento, pois terão um tom próximo à cor da pele do cliente, comparativamente à cor da estria, que é sempre mais clara que o tom da pele.

A camuflagem de estrias é o último procedimento a ser realizado em cima delas. Recomendo sempre a procura de uma esteticista anteriormente para ver a possibilidade de realizar algum tratamento que possa diminuir as estrias para depois camufla-las.

O cliente deve estar ciente de tudo escrito aqui para não ter surpresas quando fizer a camuflagem de estrias em volta redonda, uma vez que cada organismo reage de um jeito, fora todo os cuidados (principalmente com o sol) que se deve ter após a camuflagem.

Texto inspirado no artigo de Filomena abreu